Regatas - Majora


Neste jogo podem participar até 4 jogadores.
Cada jogador escolhe a lista da sua cor preferida, caso não haja consenso, as cores são sorteadas. Escolhidas as cores, cada jogador recebe a respectiva marca.
Cada jogador lança o dado e avança tantos espaços, quantos o dado indicar.
Sempre que a marca de um jogador terminar o seu movimento num dos espaços ligados por canais, avança para o número indicado, por exemplo: 2 para o 34 e 7 para o 28.

Existem algumas penalidades, a saber:

AÇUDES
Nos números 11, 51 e 72: Quando os jogadores terminarem os seus movimentos nos espaços com estes números, voltam a lançar o dado e recuam tantos espaços quantos o dado indicar.

REMOINHOS ou SORVEDOUROS:
Quando os jogadores terminarem o seu movimento no espaço 31, os barcos viraram-se, pelo que o jogador regressa ao início do jogo.

O primeiro jogador a chegar ao lago central, espaço n.º 80, é o vencedor. Para isso, é necessário tirar o número certo; por exemplo: se o jogador estiver no espaço 79, terá de obter um 1 no dado para acabar o jogo.
Estamos perante um jogo simples e engraçado para jogar em família, principalmente com os mais pequenos.
Voltar a jogar este jogo, fez-me recuar dezenas de anos no tempo.
Costumava jogar este jogo na minha infância, em casa do meu primo, sempre que passava férias na minha cidade natal, Chaves.
Finalmente e graças aos contactos obtidos aqui no blog, consegui obter este jogo, muito difícil de encontrar. Obrigado Alexandre e Carla.

Muito por aí se fala nos blogs dos jogos de tabuleiro, em encontros para jogar jogos, mas ninguém se lembra de organizar um encontro só para jogar estes jogos antigos da Majora, Karto e outros, jogos que marcaram a infância de muita gente e muitos destes jogos são bem melhores do que muitos que por aí se vê à venda.

Do pouco tempo que tive para falar com o Alexandre e a Carla, pois o comboio tinha hora marcada, uma ideia ou um desafio ficou no ar. Se alguém da Majora ler este artigo, aqui fica a sugestão: já que existe um museu da Majora, esse espaço não podia ser utilizado para encontros, com alguma periodicidade, talvez mensais, para jogar os jogos de tabuleiro dos anos 70-90 e assim passar uns bons momentos de nostalgia?

Espero vir a ter uma resposta a este desafio.

4 comentários:

Na dúvida, pega o Abade disse...

Daew cabra!

Atualizamos nosso blog com um podcast e citamos seu maravilhoso blog! Acessa lá!

Paulo Santos disse...

OK!

Tiago disse...

Adicionado o jogo ao BGG :-)

E depois do jogo adicionado, adicionei também o link para esta página! :-)

Obrigado!

Tiago disse...

E não é que ontem (desconfio que passados mais de 20 anos), voltei a jogar este jogo. E foi um sucesso a julgar pelo contentamento e pelo número de jogos realizados pelos meus "pequenos" parceiros de jogo.